April 29, 2018
croftworld (12 articles)
0 comments
Share

Jogamos o novo jogo Shadow of the Tomb Raider saiba tudo!

A Equipe do Croft World foi convidada para um evento exclusivo de Tomb Raider em Londres como parte da divulgação do novo jogo Shadow of the Tomb Raider. O evento aconteceu em uma construção bem antiga no centro de Londres The Welsh Chapel.

SHADOW OF THE TOMB RAIDER: DEMO EXCLUSIVA

DIA DE LOS MUERTOS – A demo inicia-se em uma pequena vila do México cercada por habitantes locais. Com visuais bem bonitos e usando o poder dos consoles atuais o game utiliza do mesmo motor gráfico do game anterior Rise of the Tomb Raider e adiciona novos elementos visuais.  
A primeira  cena do game é uma animação com Lara e seu fiel amigo Jonah em um bar local em meio a celebrações do Dia de los muertos. Na mesa, um mapa onde Lara e Jonah estudam informações e coordenadas de um possível destino que a organização Trinity está  juntando todas suas forças para alcançar a qualquer custo. No diálogo Jonah insinua que, para a alegria dos fãs Brasileiros, o local esteja escondido na região Amazônica do Brasil, mas ao checar as coordenadas Lara descobre que a Trinity esteve todo este tempo procurando no lugar errado e que sua real localização seria o Peru.

Lara e Jonah localizam Dominguez na festa, possivelmente o Líder dessa expedição da Trinity, e decidem segui-lo. Apos Dominguez ir para uma parte do vilarejo onde soldados da Trinity vigiam a entrada; eh aqui que Lara se separa de Jonah que serve de isca para distrair os soldados deixando uma parte da entrada desprotegida permitindo que Lara entre em uma viela adjacente e continue a seguir Dominguez. Nesta cena, a arqueóloga mais famosa do mundo dos games está vestida com um poncho com capuz marrom, uma mochila, corda, seu icônico pingente de jade, e uma máscara de caveira dos dias dos mortos para não ser reconhecida. Ela também possui um rádio transmissor auricular, por onde comunica-se com Jonah trocando informações a todo tempo (no melhor estilo Legend / Underworld),  e uma mochila parecida com o modelo usado no Tomb Raider clássico. A partir deste momento você está em controle da personagem e precisa cuidadosamente misturar-se aos locais e fazer o possível para não ser reconhecida, já que os soldados da Trinity receberam informações de que Croft estaria seguindo-os para impedir o progresso da expedição. Vale lembrar que os desenvolvedores disseram que em breve irão revelar uma mecânica chamada “ Experienciando a História”  que vai dar maior poder de interação e profundidade de acordo que com que você progride na história e cria conexões com os personagens secundários.

UMA COM A SELVA
Depois de colher informações com os Locais da Vila e espionar os soldados da Trinity, Lara continua seu caminho pelas sinuosas ruas da Vila em busca de Dominguez. Após esta introdução, Lara Croft se livra do poncho que ela está vestindo até agora para descobrir uma blusa azul, uma calça militar cargo, o mesmo arco que usava em Rise of the Tomb Raider, uma pistola com cartucho, dois machados de gelo, uma faca de combate, uma lanterna e o rádio auricular.

Equipada, Lara adentra a uma floresta verde e densa e com muitos detalhes. Na apresentação inicial com os desenvolvedores, eles disseram que a Floresta vai ser um segundo personagem de interação com a personagem. E mais do que nunca os elementos de sobrevivências serão ainda mais complexos e difíceis. No melhor estilo stealth, você pode controlar Lara para esconder-se na vegetação que cresce em paredes e praticamente fazê-la sumir nas sombras da selva, e já que nossa heroína é bem mais destemida e experiente ela vai usar tudo que o oferece para ajudá-la a cravar seu machado ou faca nos crânios dos guardas que patrulham essa área, silenciosamente e sem receio algum.

CAVERNA SUBMERSA

Após a eliminação destes guardas que patrulhavam esta área, Lara segue em direção a um enorme desfiladeiro que dá de frente ao mar. E continua seguindo por uma sinuosa trilha encostada na parede até o momento que você precisa saltar para o outro lado da parede. Neste ponto você é introduzido a uma nova habilidade que permite Lara saltar com o machado e quando agarrada usar sua corda como rapel para descer ou balançar rumo a outra montanha ou plataformas. O visual neste ponto é bem parecido com a Floresta de Uncharted 4 o que é uma boa adição tendo visto que muitos fãs pediram visuais mais quentes e coloridos após Rise of the Tomb Raider. Ao continuar a escalada rumo a uma caverna localizada abaixo desta grande montanha é possível ver uma enorme caveira esculpida em uma pedra que dá bem de frente ao caminho de entrada.

Na caverna vemos diversos ornamentos Maia e, claro, tudo muito destruído pelo tempo. Neste ponto já temos alguns colecionáveis, desafios e murais para explorar. O visual é bem bonito mesmo que deteriorado, aquela sensação nostálgica é certa. Ao chegar dentro da caverna, Lara se depara com uma parte alagada, sem opção de passar pela parte seca, somos então introduzidos ao modo subaquático.
Os momentos subaquáticos são, inquestionavelmente, um grande avanço no jogo.  Se antes vimos no Rise poucas opções de controle enquanto a Lara estava submersa, agora temos pleno controle dela na água. O controle é bem imersivo e te obriga a procurar por aberturas na superfície para que lara possa respirar. Há também colecionáveis na água que Lara tem que pegar, mas não fica apenas em coleta de itens, também haverão momentos de pura sobrevivência. Não chegamos a ver esse modo de forma mais ampla, mas o diretor do jogo deixou claro que vai acontecer, no entanto, vimos o que pode ser um indício deste. Lara chega a ser atacada por uma moreia e até mesmo ficar presa em pedras que caem de um desmoronamento, onde o jogador tem que ser rápido para soltá-la antes que ela perca o ar e morra.

PIRÂMIDE SUBTERRÂNEA

Ao sair da água, Lara vê outra parte da caverna onde temos a primeira visão de uma pirâmide Maia, mas para chegar até ela não será fácil. Com o caminho destruído Lara tem que resolver puzzles para conseguir criar um novo caminho entre plataformas suspensas e colunas. Em alguns momentos temos até que usar contrapesos para poder alcançarmos plataformas mais altas e nem sempre encontrar esse contrapesos é uma tarefa fácil, alguns deles estão bem escondidos e outros trabalhosos. O puzzle na caverna não é de maneira alguma um passeio no parque, o cenário é repleto de armadilhas que podem matar Lara dos jeitos mais brutais possíveis dos quais já estamos acostumados, inclusive lanças horizontais que saem das paredes sem nenhum tipo de aviso mas que deixam a ação em câmera lenta para que você possa ter tempo de salvar Lara de virar um espetinho Maia.  Alcançando o topo da pirâmide Lara depara-se com discos contendo hieróglifos Maias com algumas linhas douradas e jóias encravadas mas nota que os símbolos estão desalinhados. Após alinha-los girando os discos  e combinando os símbolos as pedras começam a se mover, revelando uma adaga ornamentada com ouro e joias. Lara remove a adaga e é aí que as coisas começam a dar errado, as paredes da caverna começam a tremer e obriga-a a sair correndo o mais rápido possível da caverna.

DOMINGUEZ
Assim que sai e restabelecer sua conexão de rádio com Jonah, perdida ao entrar na caverna, Lara implora para que ele se abrigue em algum lugar alto porque sente que algo não está certo. Nessa hora, os soldados da Trinity localizam Lara e capturam-na. Domínguez sai de um helicóptero e vai em direção a Lara e pede para que ela entregue-o uma caixa (Não sabemos ainda que caixa é essa mas ehh algo que possivelmente Trinity vá precisar para conseguir o que quer) mas Lara recusa-se a entregá-lo ou a dizer onde está. Depois de alguns socos na personagem, Dominguez percebe que Lara está em possessão da adaga que ele revela ser na verdade uma chave e que ela jamais deveria ter removido-a pois isso teria causado uma espécie de contagem regressiva para o apocalipse. Dominguez retira a adaga de Lara, e diz que agora ele vai ter achar a caixa e consertar a bagunça que ela causou, entra a bordo de seu helicóptero e parte deixando-a à  mercê da catástrofe que está para acontecer.

TSUNAMI

Assim que Domínguez decola, começamos a ouvir gritos de desespero e tremores. Lara olha pra traz e vê uma onda enorme vindo em sua direção destruindo tudo que está pela frente. Não tem jeito, mesmo correndo muito a personagem é tomada pela onda e agora que o bicho pega. Numa sequência de ação frenética, temos que controlar Lara que vai descendo pela vila numa correnteza fortíssima e evitar os inúmeros objetos que podem brutalmente mata-la. Eh quando novamente nos encontramos embaixo d’água desviando de entulhos, carros, casas e até mesmo outras pessoas já mortas. Depois de escapar de obstáculos submersos Lara consegue agarrar-se a telhados, janelas de casas e começa a escalar para tentar salvar a si mesmo e a uma criança Mexicana que implora por sua mãe. Infelizmente Lara não consegue chegar a tempo para salvá-la, a criança cai e morre, mesmo assim Croft continua escalando, pulando e rolando por obstáculos até conseguir chegar a terra firme.

JONAH

Ao atingir um local seguro, ela está muito abalada com o que acaba de acontecer e finalmente cai na real de que toda essa destruição e mortes possam ter sido causadas por ela. É quando Jonah a re-encontra, assegura-se de que Lara está bem e diz que eles têm que ajudar os habitantes da vila. Lara completamente agitada não leva em consideração as coisas que Jonah está dizendo e diz que eles têm que ir atrás de Dominguez e chegar ao destino antes da Trinity. Seu fiel amigo ergue a voz enfurecido e diz que as pessoas da vila precisam de suas ajudas agora e que nem tudo sempre tem que ser do jeito que Lara quer. Jonah dah uma pequena lição de moral à Lara e enfatiza que no momento tudo que eles tem são fotos de símbolos e poucas informações para conseguirem alcançar Trinity e que pessoas estão morrendo e precisam de ajuda.

Lara ajoelha-se olha para trás e diz a si mesma: “O que foi que eu fiz?” Assim termina a demo que poderia ter uma duração de até 1 hora dependendo do quão explorador você é.

Deixe o seu comentario

croftworld

croftworld